Avatar

Publicado por Gustavo Aguiar

Como avaliar a segurança ao comprar um imóvel?


Avaliar a segurança ao comprar um imóvel é um dos principais pontos a serem observados antes de fechar negócio. Com um índice de violência tão alto no país, comprar um imóvel sem se preocupar com sua segurança residencial pode trazer grandes transtornos para você no futuro.

Mas você sabe como fazer essa análise? Separamos algumas dicas para ajudar você, confira abaixo:

Segurança Residencial

  1. Visite o local em horários diferentes
  2. Converse com moradores e comerciantes
  3. Verifique a iluminação e a presença de câmeras de segurança
  4. Considere a infraestrutura do local
  5. Pense além da criminalidade
  6. A pesquisa vale a pena!

1. Visite o local em horários diferentes

Antes de fechar negócio, não caia na tentação de fechar negócio na primeira visita para ter certeza da segurança do local. Um bairro tranquilo durante o dia pode ser diferente durante a noite. Observe o fluxo de pessoas de manhã, à tarde e à noite e observe se as ruas ficam desertas. Preste atenção nos comércios e funcionamento de lojas. Observe também se há estabelecimentos noturnos, como bares. Isso pode gerar incômodos.

2. Converse com moradores e comerciantes

Já que você vai visitar o bairro, fale com as pessoas que moram e trabalham lá. Dê preferência aos comércios: farmácias, padarias e salões de beleza são excelentes fontes de informação. Pergunte sobre assaltos e problemas nas proximidades. Falando com moradores, pergunte se eles se sentem seguras em morar ali. Em Belo Horizonte existe inciativas como a Rede de Vizinhos Protegidos que é uma parceria feita entre associações de bairro e a Polícia Militar.

3. Verifique a iluminação e a presença de câmeras de segurança

Antes de comprar seu imóvel, confira a iluminação nas ruas, praças e parques e se ela funciona adequadamente. Esses locais são ótimos para aumentar a criminalidade e se não forem iluminados durante a noite, aumentam as chances de roubo. Observe ainda se há câmeras de segurança em torno do imóvel, afinal, elas ajudam no controle da criminalidade.

4. Considere a infraestrutura do local

É preciso compreender os arredores do local aonde você pretende morar. Procure saber sobre o despejo de lixo e a coleta seletiva, além de terrenos baldios que possam servir como esconderijo para criminosos. Saiba também sobre o transporte público e acessibilidade a delegacias.

5. Pense além da criminalidade

Segurança residencial vai além da criminalidade. Saiba sobre a estrutura de outros fatores, como por exemplo o escoamento de água e tratamento de esgoto. Um fator menos óbvio como esse pode complicar na sua chegada até em casa, forçá-lo a usar caminhos alternativos e trazer riscos. Por isso, conheça basicamente seu local de compra.

6. A pesquisa vale a pena!

Comprar uma casa é um grande investimento, requer atenção e planejamento. Uma nova casa tem que oferecer segurança de qualidade para a sua comodidade e de sua família.

 

Se você gostou desse artigo, então não deixe de ler o nosso post sobre 5 motivos convincentes para você sair do aluguel para casa própria. Para mais dicas e informações, acesse www.eliger.com.br e conheça nossos empreendimentos.

O melhor conteúdo para você que quer fazer bons negócios!Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade! O cadastro é gratuito

Comentários